2x17: "END GAME" (FIM DE JOGO)


Um submarino da Marinha encontra um barco muito estranho e, depois de disparar contra ele, é sacudido por uma violenta onda de choque.


Partindo de onde terminou o episódio anterior, Scully percebe que o homem que está com ela não é Mulder, e aponta o revólver para ele, mas o piloto a atira para o lado com facilidade, tornando-a sua refém. Ele espera poder trocá-la por Samantha, que diz a Mulder que a única maneira de matar aquele que os persegue é fazendo um furo na base de seu crânio.

 

Ela diz que os clones são todos descendentes de dois alienígenas visitantes que vieram na década de 1940 e que estão tentando estabelecer uma colônia na Terra, misturando-se geneticamente com os humanos. Acrescenta que eles trabalham em clínicas de aborto para poderem acessar os tecidos dos fetos. Como a experiência não foi aceita, um caçador de recompensas foi mandado para acabar com os colonizadores.

 

Uma troca é marcada, sendo escolhida uma ponte em Bethesda, e Mulder pede a Skinner que o ajude. "Se jamais eu precisei de sua ajuda, de sua confiança, esse momento é agora", diz ele. Enquanto Mulder se prepara para trocar Samantha por Scully, Skinner espera ali por perto, com um atirador de elite, mas o caçador de recompensas segura Samantha e os dois caem na água, lá embaixo.

 

Muito perturbado, Mulder informa seu pai de que Samantha foi levada de novo. No entanto, ela tinha deixado instrução para que, se eles se separassem, deveriam encontrar-se em uma clínica. Ele vai e encontra vários clones de Samantha - a mulher que dizia ser sua irmã o estava apenas usando para seus próprios fins. Elas admitem que Mulder foi manipulado, mas também dizem que sua irmã está viva. Nesse momento o caçador de recompensas chega e deixa Mulder desacordado. Quando desperta, a clínica está em chamas e todos os clones desapareceram.

 

X diz relutantemente a Mulder que o avião do piloto foi encontrado no Ártico, e que uma frota de ataque foi mandada para impedir que ele decole novamente. Scully encontra um bilhete de Mulder dizendo que ele viajou para um lugar desconhecido, não querendo que ninguém saiba mais nada. "Não vou permitir que você arrisque sua vida e sua carreira", acrescenta o bilhete.

 

Percebendo o perigo que enfrenta, Scully pede pela ajuda de Skinner, perguntando se existe "algum meio de localizá-lo pelos canais extra-oficiais". Depois ela entra em contato com X, que se recusa a conversar com ela, mas fala com Skinner. "Você lhe disse o que ela tem de saber?", pergunta ele irritado, entrando em violenta luta com X antes que este pegue a arma e a aponte para a cabeça de Skinner. "Já matei gente por menos do que isso", ele diz.

 

"Puxe o gatilho e estará matando dois homens", responde Skinner, que, momentos depois, transmite a Scully a informação que ela queria - acrescentando que tinha sido obtida através de "canais extra-oficiais".

 

Mulder encontra o submarino no Ártico, e um soldado, que, na verdade, é o caçador de recompensas alienígena. Atirando Mulder para um lado e para outro como se fosse uma criança, ele pergunta: "A resposta à sua pergunta vale o risco de sua vida?". Mulder insiste, e o piloto lhe diz que sim, sua irmã está viva. "Está pronto para morrer agora?", ele diz, deixando-o para morrer no gelo, enquanto a torre do submarino mergulha no gelo.

 

Voltando ao ponto em que havia começado o episódio anterior, Scully corre para o lado de Mulder, usando para salvá-lo seus conhecimentos do retrovírus desenvolvido pelos alienígenas. "No fim", diz a voz dela, em narração, "foi a ciência que salvou a vida do agente Mulder". Mulder se levanta e vê Scully ao seu lado, dizendo-lhe que "encontrou uma coisa que pensava ter perdido: a fé para continuar procurando".


Bastidores


Para criar a camada de gelo polar em que o submarino fica preso, nada menos do que 140 toneladas de neve e gelo foram levadas de caminhão para um estúdio que ficou refrigerado durante cinco dias, a fim de reproduzir as condições do Ártico e garantir de que os telespectadores poderiam ver a respiração dos atores. A torre do submarino - imagem que deu a inspiração original para este episódio - tinha 5 metros de altura e era operada através de um sistema hidráulico que lhe permitia subir e descer dois metros.

 

Fim de Jogo também é digno de nota pela confrontação entre X e Skinner. Mitch Pileggi lembra que levou alguns golpes acidentais nas costas ao empurrar Steven Williams contra (e quase através) as paredes falsas do elevador. Williams tinha sugerido os golpes de cabeça, dizendo que, além do aspecto psicológico, havia o aspecto físico do encontro. A cena nasceu da necessidade de permitir a Scully saber onde Mulder estava, já que só X sabia. Por fim, Carter simplesmente disse ao roteirista Frank Spotnitz: "Por que não podemos fazer com que Skinner dê uma surra em X para obter a informação?".

 

* A arma usada pelo "piloto" neste episódio foi construída de alumínio e acrílico. Nenhum dispositivo poderoso foi encontrado para disparar o estilete com rapidez, portanto a equipe passou uma borracha pelo braço de Brian Thompson e o ativou à distância.