5x02: "REDUX" (EM BUSCA DA VERDADE #1)


Em um flashback, 24 horas antes da agente Scully dizer em uma reunião no FBI que seu parceiro estava morto (leia o episódio final da temporada anterior)... Mulder recebe uma dica de Kritschgau que suas conversas estão sendo monitoradas. Mulder olha para cima - e percebe um pequeno buraco no teto de seu apartamento. Ele sobe as escadas do prédio, onde ele encontra Scott Ostelhoff, no apartamento bem em cima do seu, incendiando alguns papéis. Uma luta se inicia, e ouve-se um tiro.

 

Mulder diz a Scully que matou Ostelhoff. Ele também informa que os papéis que Ostelhoff tentou destruir continham registros de 17 ligações feitas direto para o sistema telefônico do Bureau. Os agentes concluem que sua própria agência está por trás da conspiração... e que eles têm sido peões em um jogo de conspiração desde o começo. Mulder sugere que eles criem sua própria mentira esperando revelar a verdade.

 

Logo depois disso, Scully viaja ao apartamento de Mulder e identifica o corpo sem rosto de Ostelhoff (resultado do tiro de Mulder) como sendo o de seu parceiro. Mais tarde, durante um encontro com Blevins e Skinner, ela é instruída para comparecer a uma junta do FBI. Depois, Scully identifica o telefone listado nos registros de Ostelhoff com uma extensão secundária que inclui Skinner. Isto leva Scully a concluir que Skinner possa ser uma peça importante na história. Enquanto isso, o Canceroso diz ao Sindicato que questiona o fato de que Mulder morreu.

 

Mulder usa o cartão de identificação de Ostelhoff para se infiltrar no DARPA, uma unidade secreta de pesquisa. Lá ele encontra Kritschgau, que explica que o cartão lhe dará acesso a qualquer lugar do prédio. Kritschgau então diz que o que Mulder se envolveu lembra os dias logo após a Segunda Guerra Mundial, uma época em que generais estavam desesperados em continuar abastecendo a economia da nação via eventos militares. Em 1947, Kritschgau diz, o governo começou usando o incidente de Roswell como uma história para distrair o povo americano da verdade - e um programa altamente secreto envolvendo DNA. Ele lamenta ter continuado com a mentira... até que seu próprio filho foi exposto a armas bioquímicas durante a Guerra do Golfo. Logo depois, Kritschgau é levado por soldados. Mulder consegue escapar da detenção e consegue penetrar bem no complexo de pesquisa. Ele descobre uma sala contendo vários corpos aparentemente alienígenas, idênticos àquele descoberto na caverna congelada - dando crédito à história de Kritschgau.

 

O dr. Vitagliano termina seu exame das amostras de gelo fornecidas a ele por Scully. As células que estavam dentro, ele conclui, são o começo de uma nova forma de vida. Scully decide fazer um teste para comparar o estranho organismo a seu próprio DNA. Antes de fazer, ela encontra Skinner, que revela como um registro patológico concluiu que o corpo encontrado no apartamento de Mulder não era o dele. Mais tarde, o teste de DNA entre as amostras prova uma semelhança. Scully conclui que seu câncer foi resultado da sua deliberada exposição ao organismo.

 

Enquanto Mulder continua sua jornada por dentro da unidade, ele descobre um depósito onde ficavam todos os mais estranhos objetos alienígenas que o Canceroso tirou de Mulder em todos esses anos. Lá ele descobre um gigantesco sistema de índice, que contém cartões para Scully, Kritschgau, e um vazio para o filho de Kritschgau. Ele também descobre um pequeno frasco - que pode conter a cura para a doença de Scully.

 

Scully aparece diante da junta do FBI e anuncia que ela foi exposta a um "mecanismo de decepção" que levou seu parceiro, e ela mesma, às mentiras do governo. Ela então informa à junta que seu parceiro morreu na noite anterior com um tiro auto-infrigido na cabeça. Quando ela começa a apresentar evidências científicas para sustentar sua teoria, ela repentinamente começa a passar mal. Enquanto isso, o Canceroso, trabalhando nas sombras, esquematiza a fuga de Mulder do complexo de pesquisa. Os Pistoleiros Solitários analisam o conteúdo do frasco... e concluem que contém apenas água sem ionização.

 

Continua no próximo episódio...