5x09: "SCHIZOGENY" (ESQUIZOGENIA)


Em Coats Grove, Michigan, Bobby Rich, um garoto de dezesseis anos, é repreendido pelo seu padrasto, Phil, por não ter terminado seu trabalho no jardim fora de casa. Bobby pega uma pá e fala a seu padrasto para manter distância. Quando uma discussão começa, Bobby larga a pá e corre para um pomar próximo. Phil corre atrás dele. De repente, os pés de Phil são atingidos por alguma coisa debaixo dele. Pouco tempo depois, a esposa de Phil, Patti, entra pelo escuro pomar. Ela descobre o corpo de Phil enterrado na lama até os ombros, com lama no seu nariz e boca. Ajoelhado ao lado de Phil está Bobby, com os olhos arregalados de terror.

 

Scully faz uma autópsia no cadáver de Phil. Ela descobre mais de seis quilos de lama no seu estômago. Ela conclui que a cabeça de Phil foi forçadamente segurada na lama, provavelmente por Bobby. Ela supõe que Bobby tenha cavado o buraco onde Phil caiu, e, notando um laço, como um hematoma no tornozelo de Phil, ela especula que Bobby possa ter tido a ajuda de um cúmplice. Mulder entrevista Bobby, que diz que seu padrasto gostava de abusar fisicamente dele. Mais tarde, Patti diz a Scully que, do seu ponto de vista, parecia que Bobby estava tentando ajudar Phil a sair do buraco de lama, e não causar nenhum mal a ele. Ela também revela que seu filho tem estado sob terapia desde 1995. Mais tarde, os agentes se encontram com a terapeuta de Bobby, Karin Matthews. Ela descreve Bobby como vítima de abuso físico. Mulder expressa sua crença de que Bobby não deve ser culpado pela morte de seu padrasto.

 

Bobby diz a uma jovem amiga estudante, Lisa Baiocchi, que ela deve fazer frente a seu pai (assim como ele fez com o dele). Quando Lisa volta para casa, seu furioso pai ordena que ela pare de se encontrar com Bobby. Enraivecida, Lisa corre para o seu quarto. Logo depois, uma janela se estilhaça, e um sombrio objeto em forma de braço pega o sr. Baiocchi pela garganta. Seu corpo sem vida é encontrado jogado no chão fora da casa. Mesmo que Scully conclua que o sr. Baiocchi tenha morrido por ter sido jogado pela janela, Mulder descobre evidências de que ele foi puxado para fora da janela. Mais tarde, os agentes percebem que Lisa também é paciente de Karin Matthews. Karin diz a Mulder que sua aproximação às vítimas de abuso é para fazê-los tomarem coragem para confrontarem seus abusadores.

 

Com a ajuda do médico-legista local, Mulder consegue uma pequena lasca de madeira que estava cravada no pescoço do sr. Baiocchi. Mulder identifica o fragmento como sendo de uma árvore fora da casa dos Baiocchi. Pouco tempo depois, os agentes conversam com um homem chamado Ramirez, que carrega um machado ao seu lado. Ele diz aos agentes que as árvores estão morrendo por causa de um "homem mau". Karin convida Lisa para ficar na casa dela até que sua tia possa pegá-la no dia seguinte. Enquanto Lisa ouve de seu quarto, ela percebe um discussão entre Karin e uma voz masculina. Curiosa, Lisa vai até o porão principal, onde ela descobre o corpo de um homem. Aterrorizada, Lisa se vira e ouve a porta se fechando, trancando-a por fora. Ela ouve a voz do homem não identificado se referindo a ela como uma "bisbilhoteira". Mais tarde, Karin diz a Lisa, que está presa, para ficar quieta, ou o homem não identificado vai ouvir a voz dela.

 

Mulder descobre que o pai de Karin foi jogado em um buraco de lama há vinte anos atrás. Ele acha estranho Karin não ter mencionado a coincidência. Ramirez diz a Mulder que a morte do pai de Karin Matthew deu fim a uma praga que estava afetando as árvores. Karin atribui a história à estatura de seu pai, acreditando que homens poderosos inspiram fantasia. Mais tarde, Mulder desenterra o caixão do sr. Matthews... e encontra-o vazio, a não ser pelas raízes. Quando a tia de Lisa, Linda, chega à casa de Karin, Karin informa que Lisa foi para uma estação de ônibus. Antes que Linda vá embora, Lisa quebra o vidro da janela do porão. Linda corre para ajudar sua sobrinha, mas é atacada e assassinada por uma força invisível e galhos de uma árvore revoltam-se ao vento sobre ela. Mais tarde, Bobby diz a Mulder que, como parte de sua terapia, Karin o fez fingir que ele era Phil... e que, com isso, ele nunca foi uma vítima.

 

Lisa ouve a porta do porão se abrir. Ela se levanta... e percebe que a voz do homem não identificado vinha da própria Karin o tempo todo. Scully e Mulder procuram pela casa de Karin, onde encontram o cadáver que Lisa tinha achado no porão. Mulder conclui que o corpo é o do pai de Karin. Karin tenta prender os agentes no porão, mas Mulder consegue manter a porta aberta. Eles encontram Lisa no canto da cozinha, amedrontada mas ilesa. Mulder tenta perseguir Karin, mas seu carro bate numa enorme árvore. Karin se dirige até a residência dos Rich, onde ela persegue Bobby pelo pomar. De repente, Bobby é puxado para baixo na lama. Ao tentar resgatar o adolescente, Mulder simultaneamente encoraja Karin a quebrar o ciclo... a lutar contra a voz dentro da cabeça dela. Mas Karin não consegue. Uma raiz em forma de tendão sai da lama e puxa Mulder para baixo. Ramirez aparece, com um machado na mão, e acerta Karin, matando-a. Mulder e Bobby são soltos pela força invisível.