5x13: "PATIENT X" (A PACIENTE X #1)


No Cazaquistão, na antiga União Soviética, dois garotos adolescentes observam enquanto um OVNI desaparece atrás do topo de uma montanha. Os garotos correm para contar às suas famílias, mas enquanto eles se esgueiram pela floresta, eles chegam a uma área cheia de automóveis se incendiando. Um homem gritando, com o corpo em chamas, aparece vindo da densa fumaça, e faz os garotos fugirem. Um deles, Dmitri, se esconde na floresta. Na manhã seguinte, ele é encontrado por Krycek, que está na companhia de uma unidade de soldados russos. Com a custódia do garoto, Krycek e seus homens se aproximam de Marita Covarrubias, que, junto com tropas da ONU, observa a área incendiada. Krycek diz à Marita que ele sabe para quem ela trabalha - e para dizer aos seus superiores que ele tem uma testemunha (Dmitri).

 

De volta aos EUA, Mulder participa como convidado de uma conferência. Ele discorda das opiniões dos palestrantes em relação a uma mulher chamada de "paciente X", uma aparente abduzida que procura respostas sobre porque os alienígenas estão na Terra. Mulder mantém sua opinião de que não há cumplicidade entre os militares e as abduções alienígenas. Ao invés disso, ele acredita que o governo está desenvolvendo uma guerra biológica e escondendo o fato de que estão inventando histórias sobre "homenzinhos verdes". Quando a discussão termina, Mulder é abordado pelo dr. Werber, o homem que fez uma hipnose de regressão nele há cinco anos atrás (levando Mulder a acreditar que sua irmã tinha sido abduzida). Werber revela que ele é o médico da paciente X. Ele arma um encontro entre Mulder e a mulher, Cassandra, acreditando que ela mudará a opinião dele sobre sua nova teoria. Cassandra acredita que os alienígenas estão na Terra para deixar uma mensagem. Mas ela teme que algo tenha dado errado.

 

Krycek consegue informações de Dmitri espancando-o. Ele então ordena a um médico russo a espor o adolescente ao óleo negro. O líquido entra no corpo de Dmitri por sua boca e nariz. Dmitri, com os olhos e boca costurados, é então transportado para os EUA dentro de um navio cargueiro russo. Enquanto isso, Covarrubias informa os membros do Sindicato sobre o local dos incêndios misteriosos no Casaquistão. Ela acredita que o ato tinha como intenção atingir o Sindicato, e revela que Krycek capturou uma testemunha no local. Krycek telefona para o grupo e oferece trocar Dmitri por toda a informação das pesquisas sobre a vacina contra o óleo negro.

 

No prédio do FBI, Scully é abordada pelo agente Spender, que se identifica como filho de Cassandra. Spender diz a ela que sua mãe é uma mulher muito perturbada. Mais tarde, Scully fala com Mulder sobre a conversa. Ela então lê com atenção o arquivo médico de Cassandra, ficando mais intrigada ainda quando percebe que Cassandra diz ter sido abduzida na montanha Skyland, o mesmo lugar para onde Scully foi levada por Duane Barry. O arquivo também revela que Cassandra tem um implante na base da sua nuca. Mulder não acredita nos dizeres de Cassandra, concordando com a conclusão de Spender. Mas Scully fica tão intrigada com os fatos que acaba visitando Cassandra na clínica psiquiátrica. Lá, ela fica nervosa quando Cassandra diz a ela que em algumas noites ela acorda com a sensação de que deveria estar em outro lugar, mas sem saber para onde ir.

 

Enquanto isso, um grupo de abduzidos se encontra na montanha Skyland. Quando um homem desconhecido desce pela estrada da montanha, ele encontra vários homens sem face caçando outro homem. Um dos homens sem face encosta uma vara metálica nas costas do fugitivo, e chamas o consomem. Mais tarde, Mulder e Scully inspecionam o local. A situação força Scully na posição oposta a qual ela ficaria normalmente; apesar da falta de evidências, ela acredita que o evento está ligado à sua própria abdução. Os agentes são contactados por Cassandra, que avisa que "eles" devem parar. Os agentes então são abordados por Spender, que explica que sua mãe fazia parte de um tipo de culto ufológico.

 

De volta ao escritório do Sindicato, membros do grupo concluem que o último incêndio teve como intenção sabotar seu projeto. O Homem Silencioso é despachado para resolver a situação. Enquanto isso, Covarrubias se encontra com Krycek no navio cargueiro, que está atracado no porto de Nova York. Os dois se beijam ardentemente, então saem para ficarem sozinhos. Quando Krycek retorna, Dmitri desapareceu. O Homem de Mãos Bem Feitas aparece, querendo saber para onde o garoto foi.

 

Depois de examinar as evidências, Mulder conclui que as vítimas do incêndio em massa foram levadas até a montanha Skyland pelo governo por causa dos dispositivos de implante. Mas não sabe explicar porque foram todos mortos. A conversa é interrompida por uma ligação de Covarrubias, que informa a Mulder de um incidente similar na antiga União Soviética, e que está com uma testemunha, Dmitri. De repente, o óleo negro vaza de Dmitri, e Covarrubias larga o telefone.

 

Scully sofre um ataque - não muito diferente daquele que Cassandra descreveu antes. Ela se dirige até a represa Ruskin, onde uma multidão se encontra, incluindo Cassandra, na companhia do Homem Silencioso, e Dmitri, com as costuras desfeitas de seus olhos e boca. Uma nave brilhante passa por cima de suas cabeças e desaparece sobre as copas das árvores. De repente, gritos são ouvidos vindo da outra ponta da multidão, onde homens sem face estão usando armas alienígenas para colocar as pessoas presentes em chamas.

 

Continua no próximo episódio...