6x02: "DRIVE" (DIRIJA)


Através de um jornal de notícias ao vivo, vemos um carro em alta velocidade sendo perseguido na estrada, até chegar ao deserto de Nevada. Parecendo ser um seqüestro, a passageira é retirada do veículo e colocada sob proteção dentro de um carro da polícia. O motorista, Patrick Crump, é jogado ao asfalto e algemado. A mulher no carro de polícia começa a bater violentamente sua própria cabeça contra o vidro do carro. Enquanto o jornal tenta pegar todas as imagens desta cena, a cabeça da mulher explode, jorrando sangue contra a janela.

 

Os agentes são informados sobre este bizarro incidente enquanto faziam um trabalho menor em Idaho. Mulder convence Scully a irem para Elko, Nevada, num palpite de que este possa ser um Arquivo X. Uma vez lá, entretanto, Mulder acaba sendo seqüestrado por Crump, que conseguiu escapar da polícia.

 

Mulder percebe que Crump está sentindo muita dor e que a única maneira da dor diminuir é se dirigindo a oeste. Scully investiga a residência dos Crumps e descobre que uma série de antenas emitindo ondas ELF se estendem ao longo da propriedade. Ela deduz que um pedaço anormal destas ondas, de alguma maneira, causou uma pressão crescente dentro da parte interna do ouvido dos habitantes do local. A movimentação em direção ao oeste parece ser a única forma de ajudar a dor a diminuir, diminuindo a pressão.

 

Mulder explica a Crump que Scully vai se encontrar com eles no final da rodovia. Lá ela vai inserir uma agulha dentro do ouvido de Crump, esperando abaixar a pressão. Mas quando Mulder chega, já é tarde. Crump já tinha morrido.