9x08: "TRUST NO 1" (NÃO CONFIE EM NINGUÉM)


Scully recita uma narração de abertura para o seu filho - um dia ele vai lhe pedir para explicar o milagre do seu nascimento. Se ela falhar, ele precisa saber que existe uma explicação. Ela descreve um possível encontro com um "outro perfeito". Se esse tipo de coisa vier a acontecer com William ele deve saber. A verdade não é encontrada na ciência ou em algum plano desconhecido, mas dentro de você. A mais verdadeira verdade não nos mantém juntos mas desesperadoramente separados. Enquanto ela fala vemos várias cenas de Scully e Mulder no passado, terminando com Scully ajoelhada ao lado de um homem morto em uma plataforma de trem.

 

Scully entra com seu carrinho de bebê em um cyber-café perto de sua casa. Ela tem se comunicado com Mulder através de um e-mail falso, trustno1@mail.com - ele se sente sozinho e está incerto da sua habilidade de viver como está vivendo. Ela responde que quer muito vê-lo mas que ainda não é seguro. Outra mulher entra no cyber-café com seu próprio carrinho. Quando o bebê da mulher chora, Scully olha e vê a mulher do lado de fora, aparentemente discutindo com um homem. Mais tarde, na academia do FBI, Scully está olhando a impressão da mensagem de Mulder quando Doggett e Reyes se aproximam. Doggett foi contatado por uma fonte anônima que diz ter informações sobre o programa de super soldados, incluindo nomes de pessoas que são super soldados. Ele só vai divulgar os nomes para Mulder. Scully diz que não sabe como entrar em contato com Mulder mas Doggett tenta fazê-la confiar nele.

 

Quando Scully chega em casa naquela tarde, a mesma mulher está na rua com o mesmo homem. Scully vê o homem pegar o bebê e sair dirigindo. Scully convida a mulher, Patty, para o seu apartamento para dar parte à polícia, mas a mulher fica relutante. Patty não tem lugar para ir e Scully a deixa passar a noite no sofá. Em Bethesda, Maryland, Doggett e Reyes estão em uma vigilância. A ligação da fonte não pôde ser rastreada para um local exato, mas foi descoberto o código de área. Eles estão vigiando o único prédio significante daquela área. O homem, marido de Patty, chega dirigindo e entra no prédio. Dentro existe uma sala com monitoramento de alta tecnologia com muitas telas de computador. O Homem das Sombras observa no monitor enquanto Doggett e Reyes andam em direção ao carro do marido de Patty, para verificar. Na manhã seguinte Doggett e Reyes vêem o marido de Patty deixar o prédio e sair dirigindo.

 

No apartamento de Scully, Patty acorda e desliga o monitor de William para que Scully não escute barulhos no quarto de William. Porém Scully já está acordada, por um telefonema de Doggett. Doggett acabou de seguir um homem até sua rua e ele entrou no seu prédio. Scully encontra Patty na sala, segurando William. Doggett encontra o marido de Patty tentando arrombar a fechadura da porta de Scully. Eles lutam. Reyes liga para Scully e Scully abre a porta para ver que Doggett dominou o homem. Os agentes interrogam Patty e seu marido. Ela diz que somente queria proteger William. Ele diz que Scully vai fazê-los todos morrerem pois "eles estão observando". Ele diz ser um operante da Agência Nacional de Segurança e estava vindo para pegar sua esposa. Ela diz que a filha deles, Joy, é diferente, da maneira que William é diferente. O marido dela diz ter uma liberdade de ação limitada mas ele disse ao seu supervisor, o Homem das Sombras, sobre Joy e eles descobriram coisas sobre o programa dos super soldados. Seu supervisor acha que Mulder é a única pessoa que pode fazer as conexões para entender. O telefone toca - é o Homem das Sombras, usando uma voz alterada. Ele a está observando e sabe que ela está tendo contato via e-mail com Mulder. Ela quer se encontrar com ele e ver seu rosto antes de confiar nele. Ele a direciona para estar no cyber-café em 20 minutos. Enquanto espera por ele, seu celular toca. Ele a direciona para um carro e depois várias manobras, incluindo a troca de carros. Já de noite, ele finalmente a direciona para parar em uma localidade rural isolada e a diz para trocar a roupa por um vestuário que já está no porta malas de um carro. Quando ela fica pronta, ele aparece, a surpreendendo. Ele a faz colocar a arma e as roupas dentro do veículo, que então explode. Ela quer saber como ele sabe o seu tamanho de roupa. Ele diz que sabe tudo sobre ela, dizendo uma série de detalhes íntimos, incluindo sobre seu medo na infância de palhaços e como em uma noite solitária ela convidou o Agente Mulder para a sua cama. O Homem das Sombras diz que "ele é o futuro" e arriscou sua vida para estar lá. Se ela não contatar Mulder em 24 horas, ele irá desaparecer. Ele a manda embora em um outro carro que está esperando ali perto.

 

Na Academia, Doggett e Scully conversam. Ele está preocupado sobre em que ela se meteu. Ela diz que os meios da volta de Mulder precisam ser bem preparados e que ela já falou com ele. Doggett quer que ela cancele mas ela diz que não pode, e mais, ela quer muito vê-lo, ela diz que ele já está em um trem e que chegará meia-noite. Nessa noite, Scully está na plataforma de trem uma hora antes do horário previsto, esperando por Mulder e sendo observada pelo Homem das Sombras nos monitores de computador. Doggett pede a um pesquisador no laboratório de evidências do FBI para examinar as roupas que o Homem das Sombras fez com que Scully vestisse. Ele precisa de alguma identificação pois tem pouco tempo. Reyes também está na plataforma de trem, mantendo um olho em Scully. O marido de Patty desconecta a câmera que está sendo usada pelo Homem das Sombras para observar a plataforma. Outras pessoas se reúnem enquanto o trem se aproxima. Reyes vê o marido de Patty apontando uma arma, aparentemente para Scully. O Homem das Sombras também está na plataforma e o marido de Patty pode estar mirando da Scully para ele. O Homem das Sombras atira no marido de Patty, e então mira em Scully. Reyes leva Scully ao chão. Doggett aparece e atira no Homem das Sombras, que cai na linha de trem. Um empregado da estação fala por rádio com o engenheiro do trem para não parar e continuar. O trem passa pela estação sem parar, para a agonia de Scully. Scully se ajoelha ao lado do marido de Patty - ele está morto (é a mesma cena da abertura do episódio).

 

A polícia está na cena do crime da estação de trem. Um oficial leva Patty até Scully. Patty diz que não era para isso ter acontecido - tudo que ele queria era proteger Scully. Ambas choram e se abraçam e o oficial leva Patty embora. Doggett diz que o corpo do Homem das Sombras não foi encontrado. O DNA encontrado nas roupas de Scully não é normal e não pode ser testado. Doggett conclui que o Homem das Sombras é um super soldado. Scully quer urgentemente falar com o rádio do trem para avisar Mulder, mas chega um aviso do trem dizendo que um homem pulou do trem perto de uma pedreira. Scully, Doggett e Reyes correm para a pedreira. Doggett e Reyes descem o declive enquanto Scully vai até o final. Eles vêem um homem a uma certa distância correndo pela pedreira. Doggett o chama, acreditando ser Mulder, mas o homem corre na direção oposta. Scully sai do carro no final da pedreira e chama por Mulder. Um homem sai de dentro da neblina em direção a ela, mas é o Homem das Sombras. Scully corre por sua vida, mas encontra o caminho bloqueado por um equipamento pesado e a parede da pedreira. Scully pergunta porque ele quer matá-los. Ele diz que Mulder ou o filho dela precisam morrer. Ela exige saber o que há de errado com William mas o Homem das Sombras começa a tremer. Ele cai no chão e sua pele fica negra. Finalmente, ele voa pelo ar e vai de encontro a parede suja da pedreira, desaparecendo.

 

Scully escreve um e-mail para Mulder. Ela sabe que Mulder pulou do trem porque ele sabia o que ela também sabe, que a chave para destruição dos super soldados está no componente de ferro naquela pedreira. Ela assina a mensagem "para sempre sua".

 


O Homem das Sombras faz uma referência a terroristas vivendo em segredo no país. Ele também menciona saber que vários meses atrás, Scully teve uma experiência de William aparecer movimentando o móbile de seu berço. Ambas declarações indicam que esse episódio acontece depois de 11 de Setembro de 2001.